Mitzrael Girl (mitzrael_girl) wrote,
Mitzrael Girl
mitzrael_girl

[Comentários] Supernatural 5.17 - 99 Problems

 Wow.

Simplesmente... WOW.

Vou começar logo com os piores spoilers, ou seja, com a cena que vem no final do capítulo, porque simplesmente não tem como esperar pra falar algo além dela: Que porra foi essa do Dean de repente estar apaixonado pela Lisa?! Okay, não que eu tenha achado ruim. É bom saber que tem alguém que ele quer que fique bem, e alguém que posa formar uma família de verdade com ele, não o Sam, claro. Mas sei lá, foi completamente apelativo! Dean decidiu aceitar Michael especialmente: 1. por não agüentar mais a luta; 2. pra proteger a Lisa e o Ben? Okay, Morri MUITO.

Mas ainda assim, achei o episódio divino.

Claro, finalmente parece que eles estão parando com os fillers, e suponho que o 19 seja um filler, já que o 18 vai ser trash (pra quem já viu as promos), mas gostei deles colocarem mais uma peça do Apocalipse nesse episódio. No caso, apareceu a "Prostituta da Babilônia", condenando quantas pessoas possíveis na cidade. Dean, claro, está cada dia se importando menos. Dá pra ver no rosto, nas palavras, em tudo o que ele faz, e como age que ele simplesmente não agüenta mais nem andar sozinho! Isso é gritante, certamente, e também muito incômodo. E sabe de uma coisa? Ele está virando um idiota em grau maior. Eu nunca tive nada em particular contra ele, sabe? Ele era um cara legal, passou quatro temporadas carregando todo o peso da família dele e tentando ter uma vida significativa, mas agora já chega pra ele... sinceramente, acho que ele caiu de uma maneira muito feia. Eu sei que ele não suporta mais isso, que começa a ver que não tem mais chance de deter Lúcifer, mas agir que nem um estúpido como ele está agindo? Não estou nem suportando olhar pra cara de bunda dele, sério. Agora vai lá, dizer Sim pra Michael... se eu fosse o Sam, dizia Sim pra Lúcifer só de raiva. u.u

E mais uma vez, a genialidade estúpida do Sam. Sam é ainda pior na série... ele foi dizer ao Dean que não podia fazer aquilo com ele, que não podia deixá-lo, que ele não ia conseguir fazer aquilo sozinho (achar um meio de deter Lúcifer). Mais uma vez o alter-ego dele em ação. Eu JURO que não suporto quando ele faz isso. Tá que eu ainda acho o Dean um idiota super pelo modo que está agindo agora, mas o Sam se supera, sério! O Dean está acabado, depois de tudo que já teve que carregar sozinho, inclusive o peso das escolhas erradas do irmão mais novo, e esse merda de meia tigela consegue se importar só com o próprio nariz: "Você não pode fazer isso comigo, Dean". Sinceramente? O Dean pode sim. E DEVE... se dependesse só de "não fazer isso por conta do Sam", por mim, ele já tinha dito Sim a Michael há muito tempo! Sam é um outro bosta em grau maior e ainda não parou de olhar pro nariz grande dele pra ver como o irmão está completamente acabado, abandonado pelos pais, pela família, praticamente por todos. Acho que por isso ele finalmente viu um fio de esperança e de um novo começo com a Lisa. Às vezes, começo a achar que uma temporada pós-apocalíptica não seria tão má se fosse mostrar os irmãos tentando recuperar o espírito deles, e principalmente recuperar a essência da família, o que eles já perderam há muito tempo... mas aí depois eu volto à minha sã consciência e acho que será uma merda. =D

A coisa que a gente mais tem que prestar atenção, entretanto... além da estupidez que começo a achar estar no sangue Winchester... foi aquela coisa do Dean ser um verdadeiro "Servo dos Céus". Eu não sei realmente o que pensar sobre isso... nunca achei que ele não fosse. A minha concepção basicamente era que: okay, os anjos querem iniciar o apocalipse, que se dane. Lúcifer saiu da tumba, que se dane também. Deus não importa, que se dane ainda mais! Mas o fato é que quem está lutando pela humanidade de verdade são apenas o Dean e o Sam, Bobby e Cas. Eu acho que isso faz deles, potencialmente, servos do paraíso, ou seja lá o que for. Não sei se isso foi o fato principal pra fazer o Dean aceitar de vez dizer Sim ao Michael... (ele continua sendo um grande idiota, e vou confessar que até pensei que o Sam poderia dizer primeiro, embora o Sam não tenha dado realmente dicas de que diria Sim a Lúcifer). Mas sei lá, acho que isso pode ter sido uma dica certeira com relação a Deus, que ele pode vir a ajudar, quem sabe? Eu sei que a idéia de que Deus não está nem aí é reconfortante e talz, muito original e fora dos padrões católicos. Mas ainda acho que no fim das contas, ele vai tentar ajudar sim, vai colocar um fim a tudo isso e deixar todo mundo feliz. Se não... bom, fazer o que? Vamos deixar os irmãos se virarem sozinhos, como fizeram desde a primeira temporada, e dane-se o resto do mundo e o Apocalipse. Afinal, se o Dean disser Sim a Michael, só vai morrer um pedaço da população mundial mesmo! (tipo uns velhos 90%) Vamos ser salvos, né! Comida pra todo mundo! 8D

Então... Supernatural pra mim está começando a melhorar. E está também indo em direção às vias de fato. XD Parece que a cada episódio mais, chegamos mais perto do desfecho do apocalipse, e com os trechos de episódio que eu vi do 18, a coisa tá ficando muito grave. Centésimo episódio vem aí e o Dean está decidido a dizer Sim a Michael, e por isso, vai levar muito escracho tanto do Sam, quanto do Cas e do Bobby (os dois últimos que têm todo o direito do mundo a descer o cacete no Dean por essa decisão sem sentido). Como já saiu o resumo do 19 e do 20, dá pra notar que ele não vai dizer Sim, pelo menos não por enquanto. E com a proposta do Crownley no episódio 20, acho que finalmente vão ter um fio de esperança a se ater novamente. O próximo episódio absolutamente promete!

Mas, voltando ao 99 Problems e ao começo do comentário de hoje: o que foi aquela idéia de voltar a Lisa? Acho que o Dean está finalmente tentando, sei lá, achar uma nova família, só pode. Porque do nada ressuscitaram a mulher que apareceu no segundo episódio da terceira temporada! Faz um tempinho, hein! Mas como eu tinha comentado antes, foi meio tosco ele ir dizer Sim pra Michael com a condição de proteger a mulher... talvez seja a última opção dele de ter uma vida de volta, uma família de verdade, alguma coisa na qual ele possa se apoiar mais concreta do que um pai ausente, uma mãe morta e um irmão oi-não-me-importo-com-minha-família. Deve ser realmente a última chance dele não se sentir abandonado de novo, como foi tão bem ressaltado pelas palavras da Mary-Zach no episódio 16. Situação complicada a desse cara, hein. Ter que carregar a salvação do mundo nos ombros. Mas ainda acho que ele podia muito bem dividir o peso com o Sam. Sam já tá sentindo remorso da face da terra tanto por ter quebrado o último selo quanto pela inconsistência de dizer Sim ou Não pra Lúcifer quando chegar o momento... sabe, os dois estão com um bom peso nas costas, e acho que o do Sam ainda é um pouco grande, só que ele é egoísta demais pra lembrar do resto do mundo (o que ele deixa, estrategicamente, que o Dean faça, desse modo, é ele que consegue seguir em frente, não o Dean).

Bom, comentei demais e esse episódio não tem muita coisa a ser comentada. Mas eu não posso me despedir esperando pelo episódio 18, o centésimo finalmente, que vai ao ar próxima quinta-feira, dia 15 de abril, às 22h aqui no brasil. Para quem quiser ver os sneak peeks e comentários do episódio, assim como links pra download, é só acessarem o Supernatural Is Life e acompanharem todas as teorias mirabolantes.

E, mais uma coisa... só pra deixar claro antes de me despedir: DEAN É UM IDIOTA! ESTÚPIDO! RETARDADO! IDIOTA-MÓR! E para ninguém ficar com ciúmes: SAM É UM IDIOTA! ESTÚPIDO! RETARDADO! IDIOTA-MÓR! também. =D

Até o próximo episódio de Supernatural, se é que alguém lê isso aqui. ;D

Bye bye.
Tags: 5.17, bobby, castiel, comentários, crownley, dean, deus, lúcifer, michael, quinta temporada, sam, spoiler, supernatural, winchester, zachariah
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic

    Your reply will be screened

    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 0 comments