Mitzrael Girl (mitzrael_girl) wrote,
Mitzrael Girl
mitzrael_girl

  • Location:
  • Mood:
  • Music:

[Comentários] My heart will go on... and crash like Titanic

Esse texto é altamente parical e opinativo. SIM. Por isso está num blog pessoal. 8D

Pois é... assisti hoje, pela Warner, claro, o capítulo sei-lá-qual de Supernatural, que se chama My Heart Will go On, sobre o Titanic. 8D E ainda tem fãs, que sinceramente, acham que a série tem futuro. Pode uma coisa dessas? Tem futuro o Sam sem camisa, talvez. Do mesmo jeito que teve o Thor sem camisa. =X Compensa por quaisquer 2h ruins 8Dç~

Masss, voltando ao ponto principal. Quando lançaram a sexta temporada de Supernatural, eu vim aqui dar o meu parecer inicial sobre os primeiros capítulos e tudo mais. Não me recordo exatamente do que eu postei, mas tenho quase certeza que não foi uma análise tão pesada quanto as anteriores e mais aberta às possibilidades e expectativas, afinal, quem não fica esperançoso com uma preview do Sam fazendo malhação e... er... bom, quem não fica esperançoso com a Sera Gamble dizendo que há muitas possibilidades ainda para serem exploradas em Supernatural, não importa por quantas temporadas se extenda. Bom, tenho good news e bad news pra você, Sera... é, o Navio afundou (notícia ruim). Sim, existem pessoas que ouvem NX Zero e gostam desesperadamente de Crepúsculo, por PIOR que possam parecer para outras (essa é a boa notícia).

Eu engoli Supernatural e seus lindos fillers até o episódio 15, assistindo baixado da internet e tudo mais. Porque sinceramente, adoreiii o episódio 15, em toda a sua glória de falha de roteiro, estupidez, ridicularidade e atuação, a morte do Kripke me deu vontade de me suicidar, juro. Não podia ter sido nada mais ridículo. O resto eu esperava apenas os reports do meu amigo que continuou acompanhando a série, com os detalhes dos episódios e tudo mais. Claro que eu nunca gostava do que ouvia, né. Mas venhamos e convenhamos, a Sera fez a maior burrada do século em querer extender Supernatural além da quinta temporada.

Amigos meus atestam qeu seria ótimo Supernatural ter acabado na terceira temporada com os cães do inferno levando o Dean embora (interessante que essa foi a única temporada que eu num terminei de assistir). Eu sou tarada por anjos e tudo mais, então não liguei de ter até a quinta temporada, embora pra mim, que comecei a acompanhar de fato na quarta, já tenha ficado muito puxado, cansativo e mal feito. Eu gostei da linha toda de poder por trás de todo mundo e tudo mais, de todas as ligações e fios de teia que o Kripke ligou desde o primeiro episódio da primeira temporada até o último da quinta, não tinha sinceramente nada contra isso. Tudo desmoronou lindamente com a notícia da sexta temporada e a fala fatal da Sera de que eles tinham muito mais possibilidades a explorar com qualquer possível continuação do seriado. Quer dizer, quantas mitologias e monstros e deidades eles podem colher do mundo inteiro pra tacar em Supernatural?

FAIL

Claro, há inúmeras coisas não exploradas ainda pelo universo de Supernatural, e eu não teria problema nenhum se eles começassem a explorar as lendas dos quatro reis chineses, ou os mantras do Budismo ou sei-lá-o-que do RG Veda, mas a maior cagada deles foi detonar TODA essa cultura durante as cinco primeiras temporadas do seriado. Sim, ninguém se atreva a vir aqui me dizer que eles não pisaram em todos os rituais pagãos porque eles pisaram. E agora que foram aprovados para uma nova temporada, Oh! Decidiram se redimir com as culturas antigas e orientais? Me ERRA, Sera Gamble, Sério. Supernatural foi construído inteiramente, em suas primeiras temporadas, sobre uma base de supremacia cristã que foi muito bem explicada pelo Lúcifer quando sai quebrando pescoços de deuses pagãos a torto e a direito num dos fillers estúpidos da quinta temporada. Supostamente, a fé mundial faz com que o cristianismo tenha subido a um patamar equivalente ao do Deus onipresente do mundo sobrenatural, os anjos podem facilmente acabar com seus inimigos pagãos e isso não era segredo pra ninguém. Toda vez que um bicho de outra mitologia surgia nas temporadas anteriores, ou melhor, toda vez que uma DEIDADE surgia, os irmãos tinham um jeito muito fácil de matá-las. Mas aparecem os anjos, e eles só podem ser mortos com armas muito específicas, e quando se fala em Lúcifer, o cidadão nem pode ser morto. Quem dirá o Deus cristão que está sentado à beira de algum lago idiota molhando os pés enquanto o resto do mundo se fode. Acho que toda essa trajetória foi mais do que suficiente para esclarecer no roteiro principal da série quem manda e quem obedece.

E o que a Sera faz na sexta temporada? Acha que o trabalho de cinco temporadas inteiro é irrelevante culturalmente e hierarquicamente falando. Começa a trazer criaturas ridículas (sim, ridículas, porque os dragões, as fadas e o inseto que entra pelo ouvido lá sem nem ter nome me mataram de vez) e tenta colocá-las de volta num pódio que já foi tomado pelos anjos. Tá que os anjos tão em guerra, que o mundo tá uma bagunça, que não existe mais gente poderosa e gente fraca e que o universo do supernatural está sendo permanentemente e estranhamente reorganizado. BESTEIRA. Estão tentando dar uma solução fraca e absurdamente infundada para a tentativa de usar culturas que eles já tinham esmagado antes, e com a possibilidade da sexta temporada, a primeira coisa que surgiu na cabeça deles foi: "Ups, acho que não devia ter matado os deuses pagãos com estacas banhadas em sangue".

Com essa tentativa desesperada de ir buscar nas culturas estrangeiras e perdidas alguma esperança para dar trela à série, transformando-a num tipo de paródia ridícula de mundo fantasioso misturado com um suspense de meia tigela, me surgem as reais gotas d'água (nem vou comentar dos fillers que agora tão copiando filmes ou pelo menos citando-os, que eu num tenho saco pra ficar nessa tecla):

1. A Mãe de Todos. O que PORRA é A MÃE DE TODOS? Meu, JURO que só me faltava essa. A primeira coisa que eu pensei quando vi os dragões (eram dragões? Nem lembro, whatever) tirando a mulher do purgatório, olha só... EQUIDNA voltou! 8D Mas veja bem, a cultura grega já foi MUITO pisada, coitada, é sempre a primeira... ela é a mais fraca e quase nenhum bichinho aparece pra brigar com os irmãos... então, porque não misturar tipo Equidna com uma versão random de Lilith (a primeira Eva, antes da Eva tosca que a gente conhece) com Equidna e quem sabe a deusa pagã Wiccan? Por que não? A gente pode criar uma super hiper master versão fodástica de novo bicho que... OPA! Pera lá... não, nem com toda essa junção ela devia ser capaz de se tornar um obstáculo para os tão alto escalados anjos do senhor cristão.

2. GENTE... PERA LÁ... JURO! Eles trouxeram as Moiras! Ou melhor... UMA moira. Fazem a merda e ainda fazem pela metade, vê se pode? Atropos volta pra organizar a merda do Baltazar, com mais uma paródia nojenta, citando um efeito borboleta causado pelo não-afundamento do Titanic. A única parte que me agradou foi Baltazar dizendo que salvou o navio simplesmente porque não gostava do filme e da música da Celine Dion, fora isso, o lixo se torna mais nojento. Primeiro, que Atropos está perdida das irmãs. Segundo, que Castiel não a mata pra não correr o risco de Cloto e Laquesis voltarem e darem um jeito no irmão e em todas as outras almas que não foram mortas... e o melhor de tudo, JURO, o melhor de TUDO foi que Atropos reclama que perdeu o dever que Deus deu a elas pessoalmente de cuidarem do destino. CARALHOOOOO, PUTA QUE PARIU!!!! DEUS é onipotente e onipresente! Ele num precisa nem de anjos pra tecerem o destino dos humanos, se é que existe tal coisa na mitologia cristã. E novidade pra vocês: as Moiras são da mitologia Grega, SIM. As moiras são filhas de Zeus? TALVEZ. Zeus deu essa função do destino a elas? NÃO. As Moiras são supostas filhas de Nix, porque mesmo que fossem filhas de Zeus, elas são renegadas pelos outros deuses por suas aparências e vivem à margem do Olimpo. Entretanto, a mitologia mais acertada é de que elas são responsáveis pelo destino tanto dos humanos quanto dos DEUSES, significa que Zeus não tem NADA que se meter no trabalho dela, nem se QUIZESSE, ele não pode absolutamente interferir nisso. Mas de repente, oh... verdade, Supernatural já quebrou toda a linha mitológica existente na face da terra mesmo, então qual o problema das Moiras serem orgulhosas de si mesmas de obedecer a um Deus que nem é da mitologia delas? Chega a ser cute. Me emocionei.

Eu, sinceramente, não sei o que esse povo acha que vai fazer estendendo isso pra uma sétima temporada, sério. SIM, SÉTIMA TEMPORADA, pra quem não sabia ainda. Eles só vão continuar pisando no que o Kripke construiu nas cinco primeiras temporadas, porque trazer todas essas mitologias de volta e equipará-las ao cristianismo com o simples pretexto de que tudo virou um caos depois do falho Apocalipse é simplesmente pisar no trabalho de uma vida de um autor/produtor. Eu não sei como é que os autores norte-americanos aguentam isso, sério, pra mim é uma humilhação. Fazer fics por ser um bom fã e tudo mais, eu não digo nada, mostra que as pessoas reconhecem seu trabalho e gostam de se divertir com ele, e talvez mostrar um ponto de vista diferente, mas fazer o estrago oficialmente, isso é que é não ter amor à própria criação. Ou melhor, vamos ser mais realistas, né? Isso é que é amor ao dinheiro 8D Capitalistas até a morte!

Eu desisti de Supernatural. Sim, eu assisto, porque sou insistente e como muita gente comenta comigo, eu gosto de saber do que eu to falando. E ainda mais, pelo prazer de xingar mais e mais cada novo episódio da temporada, mas temos que admitir que só pra ver o Jared Padalecki ajuda bastante =X Mas se fosse pra indicar alguém assistir aquilo? Meu, sério, vão assistir os Ovas de Hellsing, ou Break Blade, ou Death Note. Existe coisa muito melhor no mundo e vocês não vão querer perder tempo com um resto de embarcação que já tá se deteriorando no fundo do mar. Pois é, Supernatural... fazendo citação ao episódio 17, como toda série americana, você começou no auge e teve o mesmo destino do Titanic, bateu, afundou, entrou em desgraça. A diferença é que o Titanic ainda é famoso, Supernatural tá longe de recuperar a glória, e nenhum filme ou música vai ajudar (les2)

Até mais, pessoas 8D/ *dor de cabeça batendo aqui* LOL
Tags: 6.15, 6.16, 6.17, apocalipse, bobby, castiel, comentários, críticas, dean, demônio, deus, deuses, dragões, enredo, equidna, eric kripke, fadas, french mistake, lúcifer, mitologia, moiras, my heart will go on, mãe de todos, pagãos, roteiros, sam, sera gamble, sexta temporada, spoiler, supernatural, surtos, séries, winchester
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic

    Your reply will be screened

    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 0 comments