Mitzrael Girl (mitzrael_girl) wrote,
Mitzrael Girl
mitzrael_girl

  • Location:
  • Mood:
  • Music:

[The End] Harry Potter and the Deathly Hallows

 E finalmenteee, chegamos ao fim! A saga épica de Harry Potter, com uns dez anos de produção, além da expectativa do lançamento dos livros... finalmente foi lançado o grand finale! E eu, que num presto... tenho que comentar alguma coisa sobre isso, claro. 8D Como eu num tenho memória fotográfica de todas as cenas, pode ser que volte depois de assistir o filme pela vigésima vez, mas por enquanto, vamos ao comentário do que eu recordo ao assistir a sessão de meia-noite de quinta pra sexta \o/

A segunda parte das Relíquias da Morte é simplesmente... foda. PONTO. A direção e produção do filme foi magnífica e eu não esperava menos do trabalho do David Yates desde que ele tomou as rédeas da série na Ordem da Fênix. Não me importa os surtos alucinados dos fanáticos que acham que os filmes deviam mostrar até o suspiro que o Harry deu na página 139947384 do livro lodo após o quarto parágrafo de narração. As adaptações que eu vi a partir do quinto com essa direção me agradaram muito e se confirmou ainda mais com esse último filme.

Há, entretanto, só uma coisa a esclarecer: o filme foi foda? Sim, foi foda. Foi épico? Não.

O filme foi inegavelmente foda, e pode até ser considerado épico por ser o encerramento de uma fase tão incrível como foi a fase de Harry Potter. Pela primeira vez na vida eu fui numa estréia em que ninguém estava gritando alucinado por cada parte em que a cara do Harry aparecia, e as pessoas apreciaram do começo ao fim segurando-se na cadeira com aquela força de quem vai arrancar os braços logo, logo, pela empolgação e excitação do momento. Mas se for pra dizer que essa produção foi uma produção verdadeiramente épica, eu tenho minhas dúvidas. Pode ficar marcado na minha memória como o final da saga de Harry Potter, mas não como um filme que vai marcar história. Por quê? Hm, é o que eu pretendo comentar ao longo desse post... mas não se assustem, não é como se eu fosse falar mal! HDSAUDHASUDHASUHDASUH Eu gostei do filme, sério mesmo!
 
Quando eu cheguei em casa umas 2h50 da manhã, eu entrei na internet e coloquei isso no meu facebook:
 
Harry Potter and the Deathly Hallows Part II:
Direção: ♥♥♥♥♥
Adaptação: ♥♥♥♥♥
Roteiro: ♥♥♥♥
Efeitos especiais: ♥♥♥♥
Impacto: ♥♥♥
Atuação: ...
 
A segunda parte do filme levou basicamente tudo o que eu lembrava do livro. Considerando-se o fato de que só li o sétimo livro duas vezes, acho que nem fui muito exigente com relação à adaptação. Eu achei muito bem feita, de fato, gostei muito de todas as cenas (ou a maioria delas 8D) e principalmente do fato de a batalha do Harry e do Voldemort não ter ficado limitada exclusivamente à rodinha dos dois com um só feitiço. Admito que conhecendo a série de livros, é impossível acreditar que o Harry durasse tanto tempo lutando contra o Voldemort, mas como foi possível focar as cenas do filme no Voldy sentindo-se ferido diante da destruição das Horcruxes, dá até pra superar o fato de que o Harry aguentou tanto.
 
A coisa que mais me decepcionou, entretanto, foi a questão da batalha final. Guerras são épicas, é um fato... mesmo que os filmes de guerra não se tornem épicos, as suas batalhas sempre conseguem arrancar a atenção das pessoas que estão acostumadas com os personagens principais e com o fato de ter que vê-los morrer de forma trágica. Vide Senhor dos Anéis, Rei Arthur, Tróia, O Último Samurai, Lendas da Paixão, O Patriota, Braveheart... enfim, uma série de filmes de guerra que sabem construir muito bem essas cenas. Quando fizeram a cena da batalha final do castelo e decidiram que seria mais prudente continuar seguindo os passos de Harry, Rony e Hermione... eles fizeram um erro fatal, e por isso que eu descontei um coraçãozinho do Roteiro. Aquela cena merecia uma perspectiva totalmente diferente. Não me importa se seria clichê ou não, mas toda a emoção que seria depositada em cada um dos personagens queridos morrendo teria valido muito mais do que as câmeras seguindo inconstantes a correria dos três principais por debaixo das pernas de um gigante qualquer. Quando imagino que elas poderiam ter rodado o cenário todo, focando as destruições e a morte de personagens como o Fred, Tonks e Lupin, ou até de outros personagens secundários que prendem a nossa atenção no filme, teria sido muito mais trágico e emocionante do que ficar preso aos principais. A cena da batalha final teria ficado magnífica e não teria me decepcionado tanto quanto me decepcionou naquele momento. Quer dizer, no fim de tudo, prevaleceu mesmo só o ponto de vista do Harry e a perda de Tonks, Lupin e Fred ficou limitada a ele vê-los estirados no chão. Sinto muito, mas isso é um tipo de morte que absolutamente não me comove. Sei que no livro é muito mais conveniente limitar os cenários ao campo de alcance dos personagens principais, e serve muito bem ao propósito, porque lá nos somos capazes de entrar na mente do personagem que está vendo os seus entes queridos morrerem... no filme, a coisa não funciona bem assim. Então, cenas que poderiam ter sido muito bem aproveitadas foram simplesmente jogadas fora.
 
O Impacto do filme não sei se estou sendo muito dura nesse sentido, mas não foi um filme que me fez ficar agarrada à cadeira e na emoção de descobrir a próxima cena, então eu não achei que mereceu tanto crédito nesse aspecto. Mas como eu já tinha comentado anteriormente, eu não creio que Harry Potter tenha sido um filme para atingir muito o nosso lado emocional. A trama dele é magnífica, de fato, mas não é uma coisa que atinge você lá no fundo a não ser pelo fato de que é o final da série e que você sabe que além disso, não vai ter mais nada. O único impacto verdadeiro que você tem ao assistir o filme é de que realmente acabou. Entretanto, não posso deixar muito barato porque várias cenas do filme me surpreenderam mesmo e eu fiquei muito feliz de tê-las visto, e do modo como foram produzidas... as primeiras delas, admito... a coisa que me deixou segurando na cadeira de emoção foi quando a primeira estátua caiu no chão para defender o castelo. Achei aquele exército magnífico! A cena deles ganhando vida e seguindo para proteger Hogwarts foi perfeita! Mesmooo!! Fiquei completamente empolgada. A segunda cena que mais me emocionou e que eu fiquei vibrando foi quando o Voldemort decidiu colocar um fim na história de ficar atacando as defesas do castelo e ele sozinho derruba elas... meu... É ASSIM QUE UMA PESSOA FODA FAZ, PORRA!! *e queriam mesmo que o Harry tivesse uma luta de igual pra igual com aquele bruxo!*... até então, mesmo com a cena do dragão, da ida até Hogwarts e tudo mais, essas tinham sido as cenas mais fantásticas pra mim... é então que... Snape morre.

Meu! Eu SEMPRE ODIEI aquele nariz do Snape (tenho problema com narizes e 8D)... mas eu nunca odiei o personagem. Sabia que havia algo mais nele desde o começo do filme e mesmo que no fim ele tenha se provado uma pessoa do mal, mas que trabalhou pelo bem em nome do "amor" (meu, como isso soou gayyyy!!!! - diria mais que ele trabalhou em nome da honra dele, já que ao recorrer à ajuda do Dumbledore, ele disse que faria qualquer coisa em troca, e realmente o fez), eu realmente gosto do personagem dele. Ele não me agrada, mas como escritora eu tenho que admitir que a construção desse personagem é simplesmente fantástica, a JK fez uma obra de arte verdadeira quando criou todo o background do Snape, e de modo algum distorceu o que ele se mostrou nos sete livros, apenas confirmou ainda mais a personalidade chata dele. Quando ele morre, foi a cena que eu mais gostei, mesmo, se num fosse a cara de bunda do Daniel na cena pra estragar o momento, teria sido mais do que perfeito... e ele dizendo que os olhos do Harry eram iguais os da Lily! OMG Morri naquele momento. Aquela foi a única cena de morte de grandes personagens que realmente valeu a pena, já que tiraram o nosso gosto com as cenas dos outros morrendo. Partindo da morte dele, as memórias então foram melhores ainda. Gostei da construção, de todo o cenário e tudo mais, achei uma das melhores coisas do filme terem colocado aquelas cenas e principalmente a parte de que ele chega na casa dos Potter e fica lá agarrado no corpo da Lily... eu num lembro no livro se ele é o primeiro a chega na casa depois da morte dos pais do Harry, mas whatever, eu adorei aquilo! 8D E sem contar na parte que o Dumbledore confessa pro Snape que o Harry vai ter que ser morto pelo Voldemort, e o Snape pergunta se aquele tempo todo o Dumby tava preparando o Harry só pra mandá-lo pra morrer... e o Dumby pergunta se o Snape finalmente se apegou ao menino! QUE MEIGOOOO, love forever <3~ XDDDD
 
Mas quando passa desse momento que o Harry finalmente decide ir lá morrer (aquelas partes desgraçadas do filme que eles precisam realmente focar no único ator que não sabe atuar só porque ele é o principal), quando ele segura a pedra da ressurreição e traz os pais, o Sirius e o Lupin de volta à vida... gente, foi mal, mas eu num aguentei 8D Quando Sirius chega perto do Harry e aponta pro peito dele dizendo "Nós estaremos sempre aqui..." antes dele dizer no coração, eu imaginei: "Dentro do seu bolso"... MEUUUU, a menina do meu lado se debulhando em lágrimas com a cena e eu me rachando de rir sem ter ninguém com quem compartilhar aquele comentário! JURO QUE NÃO FOI DE PROPÓSITO! MAS QUEM MANDA COLOCAREM UM BOLSO BEM DO LADO ESQUERDO DA JAQUETA DELE! O DEDO DO SIRIUS APONTA EXATAMENTE PRA PORRA DO BOLSO, MEU! HDAUSDHUASUDASUDAIUSDUI Sem contar que o filme é sempre ótimo quado Rony surge com seus comentários inadequados... adoro o Rony, meu, rachei de rir o filme todo com todos os comentários estúpidos dele, inclusive sobre o que o Harry ia fazer com a varinha das varinhas e quando ele a quebrou. Ele é realmente incrível, é um dos poucos atores do cast mais jovem que me agrada.
 
Continuando com a morte do Harry pelo Voldy, né, finalmente... Harry vai para King's Cross versão all-white e encontra com o Dumbledore. Eu imagino como os fãs vão querer reclamar sobre o fato de a história do Dumbledore não ter sido contada/esclarecida naquele momento. Mas de fato, eu não vi a mínima necessidade daquele tipo de cena. A história do Dumbledore não é de tamanha importância se você pensar na construção do filme... meu, eles nem mostraram os coadjuvantes morrendo, quem é que quer saber a história do diretor se nem foi mostrado realmente como ele era astuto e talvez perverso lá no fundo, como é demonstrado nas entrelinhas de aparições dele no livro? Eu acho que foi digno do jeito que ficou, não foi exagerado demais e se encaixou muito bem no momento... deu até uma certa diferença do livro pro filme, porque no filme você pode atestar cegamente que é coisa da cabeça do Harry, já que o Dumbledore não chega a comentar coisas que o Harry jamais saberia. No livro, por outro lado, pelo fato do Dumbledore ter explicado toda a história da infância dele e dos medos dele, você sabe que aquilo não poderia se passar na cabeça do Harry apenas, mas num mundo entre a vida e a morte onde ele seria capaz de ter aquela conversa esclarecedora com o diretor. A coisa é que se você pensar que tudo se passou simplesmente na cabeça do Harry, de fato, ele não morre no filme. No livro ele chega bem mais perto de morrer. E eu achei simplesmente magnífica a cena quando mostra a alma do Voldemort debaixo do banco... uma coisinha nojenta, verdade, mas eu adorei aquilo! Até fiquei com pena do bichin ;_; E me lembrou de imediato um fanart que eu vi faz muitos anos sobre essa cena, e que o fanart mesmo eu simplesmente adorei, pela flayu, "Limbo Infantum": http://flayu.deviantart.com/gallery/?offset=24#/d2p1ptp mesmo que o Harry não tenha chegado a segurar a coisa nos braços, e ficou muito bem feito (tanto o filme quanto o desenho). E eu nem vou comentar como aquele fdp do Daniel num sabe nem ANDAR como o personagem, porra! Que andado de gay da peste! Me revoltei só de ver ele andando ao lado do Dumbledore todo duro... que foi? Emoção de reencontrar com o diretor? Pelo amor de todos os deuses, que ator nojento!
 
Agora vamos a um comentário mais importante e essencial: BEIJO DE HEMIONE E RONY! OMG!!! Minha amiga disse que já estava se preparando para se decepcionar com ele... mas meu, eu gostei! Sério! Pelo menos o Rony tem pegada, meu! Mesmo que num tenha mostrado de um ângulo que tenha dado pra ver a boca grudada uma na outra, ele agarrou a Hermione e ficou um bom tempo ali no beijo com ela!!! Eu gostei da cena... em compensação, Harry dando aquele beijinho nojento na Ginna... ai que casal sem sal, meu Deus... u_u Hermione tá muito certa de ter gostado do Rony também, porque com um Harry daquele, a pessoa só sendo muito demente pra querer ficar.
 
Mas pessoal... pra encerrar, eu preciso comentar... o filme foi magnífico, de fato, direção perfeita, roteiro ótimo, adaptação incrível, efeitos especiais muito bons... mas O QUE FOI AQUELA PORRA DE EPÍLOGO! SÉRIO! CADÊ O CARA DOS EFEITOS ESPECIAIS DE BENJAMIN BUTTON PRA ENVELHECER AQUELE POVO DIREITO?! PORRA! SE NUM TEM COMPETÊNCIA PRA FAZER UMA MAQUIAGEM DE ENVELHECIMENTO  DE VERGONHA, CONTRATE ATORES MAIS VELHOS! AGORA FAZER UMA NOJEIRA DAQUELA, EU NUM FAZIA! CARALHO! Eu sei que podiam até querer de fato terminar o filme com os atores principais e pans... mas acontece que a gente acompanhou os três crescerem ao longo de dez anos! Não tem como fazer uma maquiagem fuleira daquelas e esperar que convença os fãs de que eles estão 19 anos mais velhos, sério!! Minha gente, a coisa mais ridícula da face da Terra, eu juro por todos os deuses! Quando apareceu aquele epílogo, eu tava quase me afogando na cadeira, ou batendo a cabeça da menina que tava do meu lado no chão... que merda foi aquela!! CARALHO! A única coisa que salvou mesmo... FOI O FILHOTE DO HARRY, QUE COISINHA MAIS GOSTOSA E COMESTÍVEL COM CARA DE BUNDA DE NENEM!!!! *--------------* Meu filho, se você crescer um ator melhor que o Daniel e melhorar essa carinha de anjo, ce tá feito 8D~ Se bem que se continuar sendo chamado de Albus Severus... pobre criança traumatizada pelo resto da eternidade... XDDDDDDDD~
 
Enfim, já escrevi muito mais do que eu pretendia... acho que já deixei a minha impressão... de fato, foi um filme magnífico, digno de encerrar a série, e com uma adaptação e produção de se bater palmas (claro que ninguém é doido de bater palma pra atuação ali, né... sem comentários). Foi realmente épico, no sentido de que realmente... "It all ended" =3~ Agora, é esperar que talvez alguém produza uma série de livros tão digna quanto Harry Potter, mas sem tentar plagiar 8D~
 
Até a próxima!!!
 
Kissus, Ja! ~
 
 
Tags: comentários, críticas, daniel radcliffe, david yates, deathly hallows, dragões, dumbledore, emma watson, enredo, estréia, filme, final, ginna, harry potter, harry potter 7, hermione, horcruxes, j.k. rowling, relíquias da morte, rony, rupert grint, season finale, severus snape, spoiler, surtos, voldemort
Subscribe
  • Post a new comment

    Error

    default userpic

    Your reply will be screened

    When you submit the form an invisible reCAPTCHA check will be performed.
    You must follow the Privacy Policy and Google Terms of use.
  • 0 comments